Ad Home

Ensaio fotógrafo de natal incentiva adoção de animais resgatados por ONG

As fotos foram produzidas por estudantes de uma universidade particular de Teresina (PI).


Um ensaio fotográfico com tema natalino, feito para incentivar a adoção de animais resgatados do abandono, foi produzido por estudantes do curso de Publicidade e Propaganda de uma faculdade particular de Teresina, no Piauí. Os cães e gatos vivem no abrigo da Associação Piauiense de Proteção e Amor aos Animais (Apipa).
(Foto: Divulgação)
A ideia surgiu para atender a um projeto da disciplina de fotografia em que os alunos deveriam criar um ensaio com um tema social. Produzir fotos que auxiliassem a causa animal foi uma escolha feita devido à paixão da turma pelos animais e também por causa do resgate de 135 cães – que estavam em situação deplorável em um canil em Osasco, São Paulo -, feito pela ONG da ativista vegana Luisa Mell. “Nós resolvemos promover a adoção de animais sem raça definida, já que eles são muito preteridos, comparados aos animais de raça, e também para combater esse comércio horrível que só prejudica os animais”, explica a estudante Ismália Freitas ao Portal O Dia.
As fotos, feitas na sede da entidade e produzidas com materiais levados pelos próprios estudantes, foram expostas em uma feira da faculdade, além de terem sido publicadas na página oficial da Apipa nas redes sociais, rendendo mais de 100 compartilhamentos e quase 900 curtidas. “Nesse natal, prove que o amor não tem raça” foi a frase escolhida para simbolizar o tema do ensaio.
(Foto: Divulgação)
A coordenadora do abrigo, Jane Haddad, conta que os animais disponíveis para adoção responsável são de raça não definida e estão castrados. Para adotar, é necessário que o pretendente preencha um questionário simples para informar se as condições do lar e o histórico do futuro tutor são compatíveis com a adoção. “É só para saber se ele já teve animais, qual a reação dele em determinadas ocasiões envolvendo os animais, para garantir um lar seguro para o bichinho”, informa Jane.
Para adotar um cão ou gato, os interessados devem comparecer à sede da associação, localizada na Rua Trinta e Oito, número 1041, Loteamento Vila Uruguai – Bairro Uruguai, próximo à Uninovafapi, em Teresina (PI). No ato da adoção, é preciso apresentar cópias dos documentos de identificação pessoal (RG e CPF), uma foto da pessoa que vai tutelar o animal, um comprovante de residência e os documentos originais.
(Foto: Divulgação)
As pessoas que não têm condições, por alguma razão, de adotar um animal no momento podem colaborar com a instituição por meio de doações feitas diretamente na sede da ONG ou através de depósito bancário. Informações podem ser obtidas através do site da entidade ou pelo telefone (86) 98846-8020.
A Apipa, fundada há mais de 10 anos, está superlotada e abriga atualmente 350 animais, entre cães e gatos, adultos e filhotes, de todos os portes, o que demanda doações de ração, material de limpeza e jornais. O consumo diário de ração da instituição é de 25 kg para cães e 12 kg para gatos.
Fonte: ANDA
Tecnologia do Blogger.