Ad Home

Cuidados e readaptação de cães cegos

Crédito: Web Cachorros - Bichos
Este momento parece assustador para os tutores e para os animais. Crédito: Web Cachorros – Bichos
Muitas vezes devido à velhice e até mesmo por conta de algum problema de saúde, um cão pode perder a visão de um ou dos dois olhos.
Este momento parece assustador para os tutores, mas pode se tornar mais fácil de lidar com algumas dicas e tranquilidade da parte do tutor.
Nesse artigo damos algumas dicas de como agir, como cuidar do seu cãozinho e como ajudá-lo a se readaptar a vida após perder a visão, é possível sim que um cão cego tenha uma vida tranquila e muito feliz.
Não seja super protetor
Claro que devido a situação o tutor pode acabar se tornando mais protetor e querer cuidar do cão para que nada aconteça com ele. Mas não é bom para o cão.
O cãozinho pode ter ficado cego, mas ainda é um cão que pode se adaptar a deficiência e viver feliz, dê mais crédito a capacidade do seu melhor amigo e não tente colocá-lo numa bolha e super protegê-lo 24 horas por dia.
Mobília
Evitar entulhar a casa de móveis é uma boa ideia para que seu cão esbarre menos nas coisas. Cuidado com móveis que possam cair em cima dele caso ele esbarre.
Não mudar a posição dos móveis com frequência também ajuda seu cão a memorizar a disposição dos móveis na casa e evitar que ele se machuque esbarrando nas coisas. Recomendados que mude os móveis de lugar o mínimo de vezes possível.
Marcar a mobília com algum cheiro – que não seja ruim para o cão- também pode ajudá-lo a saber onde as coisas estão e diminuir as chances dele vir a se machucar.
Cuidados na casa
É comum os tutores de cães deixarem brinquedos espalhados pela casa para o cãozinho se divertir quando quiser. Porém, tome cuidado com brinquedos pela casa para que o cãozinho não tropece e se machuque.
Cobrir piscinas, colocar grades para evitar que o cão chegue até a escada ou piscina, ou algum outro local da casa que possa ser perigoso, é muito importante. Pois, mesmo que o cão venha a se acostumar, ele ainda pode se acidentar em algum descuido se tais cuidados não forem tomados.
Se divertindo em casa
Ajude seu cão a brincar com os outros sentidos, ele perdeu a visão, mas ainda tem olfato, tato, paladar e audição para se divertir, brinquedos recheados com alimentos aguçam o olfato e paladar, brinquedos que façam barulho e tenham formatos diferentes ajudam com audição e o tato.
Lembre-se de falar com seu cão, não é porque ele não enxerga mais que não vai te reconhecer, cães reconhecem a voz e até mesmo o seu jeito característico de fazer um carinho nele desde novinho.
Fale com ele, brinque, faça-o se divertir com você como sempre se divertiram, no início os cães podem ficar assustados, é naturalmente uma situação desconfortável no início, dê o carinho de sempre e faça-o sentir que não precisa ter medo.
Rotina
Se você não tinha uma rotina para seu cão, é melhor começar agora e se já tinha, ela precisa ser seguida a risca ainda mais nesse momento.
Rotina faz os cães se sentirem seguros, o cão cego precisa ainda mais da rotina para saber que está tudo bem, afinal a rotina está sendo seguida.
No início pode parecer difícil, mas não perca a persistência, seguir a rotina vai depender muito mais de você do que do cão, e essa rotina vai fazer o cão se sentir muito melhor física e psicologicamente.
Passeios
O cão precisa continuar passeando, isso será ótimo para sua saúde, tome cuidado para seguir o ritmo do cãozinho, ele pode querer parar mais, afinal seu olfato está mais aguçado e ele vai desejar explorar, fale com ele durante o passeio, siga a mesma rotina e lembre-se que esse momento continua sendo de diversão.
Crédito: Web Cachorros - Bichos
No início ele pode ficar um pouco perdido e até assustado, mas fique tranquilo. Crédito: Web Cachorros – Bichos
Levar um brinquedinho que faça barulho ou petisco pode ajuda-lo a se guiar, no início ele pode ficar um pouco perdido e até assustado, fique tranquilo e passe essa tranquilidade e confiança para seu cão, se você não estiver preocupado ele também não terá motivos parar estar assustado.
Use guia curta para evitar que ele possa se machucar ao ir pra longe, mas não fique puxando e acabe com o passeio, apenas não o deixe ir para muito longe.
Guia para cães cegos
Existem guias e peitorais, que trazem uma espécie de bambolê na parte da frente e ajudam os cães a não esbarrar em móveis, esse protetor pode ajudar bastante, mas também é possível que seu cão aprenda a se locomover sem ele sem problema algum. Você escolhe se compra ou não.
Dica
É normal ficar preocupado após o cão perder a visão, sair para trabalhar e deixá-lo sozinho pode virar uma tortura maior do que costumava ser, para tranquilizar a si mesmo, você pode comprar uma ou mais câmeras de segurança e instalar na casa.
Procure as que podem transmitir em tempo real para o celular, assim você pode checar ao longo do dia se seu cãozinho está bem e ficar mais tranquilo. Pedir para um vizinho dar uma passadinha na casa para checar se está tudo bom, ou até contratar uma babá podem ser outras saídas para se tranquilizar.
Caso nada disso te deixe tranquilo suficiente, você ainda tem a opção de deixar seu cão numa creche nos dias em que trabalha e saber que ele estará sendo observado, cuidado e que vai estar se divertindo e interagindo com outros cães durante todo o dia.
Fonte: R7
Tecnologia do Blogger.