Ad Home

Em 10 anos, País tem quase 1,3 mil mortes em acidentes de embarcações

Os dados vão de 2006 a 2015 (os números de 2016 ainda não estão concluídos). O ano mais letal nesse quesito foi 2008, quando houve registro de 187 óbitos, mais do que o dobro dos 77 casos registrados em 2006
Dados do sistema Datasus, do Ministério da Saúde, que contabiliza atendimentos médicos em todo o País, aponta que, nos últimos 10 anos, 1.289 pessoas morreram em acidentes de transporte sobre a água. Só os Estados do Pará e do Amazonas, locais onde a conexão entre as cidades é feita majoritariamente por barcos, registraram 610 casos, quase metade das ocorrências.
A Bahia, onde uma embarcação com 129 pessoas naufragou nesta quinta-feira (24/8), fica empatado em segundo lugar com o Ceará entre os Estados do nordeste com mais acidentes. Na última década, há registro de 37 mortos em cada um dos dois. Quem tem mais registros é o Maranhão, com 79 ocorrências.
Os dados vão de 2006 a 2015 (os números de 2016 ainda não estão concluídos). O ano mais letal nesse quesito foi 2008, quando houve registro de 187 óbitos, mais do que o dobro dos 77 casos registrados em 2006.
O número total de mortes dessa natureza tende a ser maior, uma vez que o Datasus depende do correto preenchimento de dados por parte das diversas unidades de saúde do País no momento dos atendimentos. O total de afogamentos no período, por exemplo, chega a 55 mil casos -- mas inclui todos os tipo de afogamentos
Tecnologia do Blogger.