Ad Home

Defesa de Lula recorre contra bloqueio de bens em tribunal federal


Após o juiz Sérgio Moro determinar nesta quarta-feira (19), que mais de R$ 600 mil de contas bancárias do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fossem confiscados pelo Banco Central, a defesa de Lula ingressou nesta quinta (20) com um mandato de segurança no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) contra o bloqueio dos bens do petista. Lula foi condenado a 9 anos e seis meses por corrupção passiva e lavagem de dinheiro envolvendo um triplex em Guarujá.
"Somente a prova efetiva de risco de dilapidação patrimonial poderia justificar a medida cautelar patrimonial. O Ministério Público Federal não fez essa prova, mas o juízo aceitou o pedido mais uma vez recorrendo a mera cogitação", disseram os advogados Cristiano Martins e Valeska Martins justificando a recorrência. 
Tecnologia do Blogger.