Ad Home

São João: cuidados com queimaduras devem ser redobrados

 
A chegada das festas juninas inicia um período de festas e comemorações, mas que também inspira muita atenção. Acidentes com fogos de artifício e fogueiras são bastante recorrentes nessa época do ano e atingem, principalmente, as crianças. Além de ferimentos superficiais, ocorrências mais graves podem ocasionar queimaduras de terceiros grau, levando a perda de dedos das mãos e de tecidos moles, que são os músculos.

O manuseio de fogos de artifício deve ser evitado ou, pelo menos, realizado apenas por adultos. "Sempre que os fogos forem utilizados, é importante não estourá-los próximos às residências, e sempre usar um equipamento de proteção. Se você estoura direto na mão, tem um risco de o rojão não sair, o que pode acarretar em uma amputação, uma queimadura gravíssima na mão e até no rosto".
Outro aspecto importante, além da prevenção, diz respeito às primeiras ações a serem realizadas logo após o acidente. "Se ocorrer uma queimadura deve-se levar a vítima imediatamente ao serviço de saúde mais próximo, porque somente um profissional irá avaliar a gravidade e a severidade da situação". A prática comum de estourar as bolhas formadas com queimaduras leves deve ser evitada. "A orientação é a de não furá-las. Também não se deve passar cremes ou pomadas caseiras no local do ferimento".
Tecnologia do Blogger.