Ad Home

Anvisa interdita medicamento para pressão

Lote de Hidroclorotiazida apresentou problema de dissolução em análise

A Anvisa interditou o lote 6562015 do medicamento Hidroclorotiazida fabricado pela empresa Laboratório Teuto Brasileiro S/A. O produto, indicado para tratamento de pressão alta, 

Segundo o laudo de análise fiscal emitido pelo Laboratório de Saúde Pública do Goiás (LACEN-GO), o lote 6562015 apresentou resultado não suficiente para o ensaio de dissolução. A suspensão vale para o lote da Hidroclorotiazida (validade 11/2018) comprimido, 50mg, foram, portanto, interditadas pela Agência.
A agência lembra que em caso de interdição de medicamento, a orientação ao consumidor é que suspensa o uso de produto que tenha em casa do lote suspenso.
Tecnologia do Blogger.