Ad Home

Vaccari Neto e mais 13 viram réus em Operação Greenfield

O ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto e mais 13 pessoas passaram ao status de réus na Operação Greenfield, nesta segunda-feira (29). O juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal em Brasília, aceitou a denúncia do Ministério Público. Vaccari Neto já está preso, por conta da Lava Jato. As informações são do G1. 
Para chegar ao veredito, o magistrado disse que existem indícios suficientes de que houve  gestão fraudulenta na Fundação dos Economiários Federais (Funcef). A fraude teria favorecido a empreiteira Engevix - alvo da Lava Jato. 
Confira quem são os réus: 
Demósthenes Marques, ex-diretor de Investimentos da Funcef
Guilherme Narciso de Lacerda, ex-diretor-presidente da Funcef
Luiz Philippe Peres Torelly, ex-diretor de Participações Societárias e Imobiliárias da Funcef
Antônio Bráulio de Carvalho, ex-diretor de Planejamento e Controladoria da Funcef
Geraldo Aparecido da Silva, ex-diretor de Benefícios, em exercício, da Funcef
Sérgio Francisco da Silva, ex-diretor de Administração da Funcef
Carlos Alberto Caser, ex-presidente da Diretoria Executiva da Funcef
José Carlos Alonso Gonçalves, ex-diretor de Benefícios da Funcef
Roberto Carlos Madoglio, ex-superintendente Nacional de Fundos de Investimentos Especiais da Caixa Econômica Federal
José Antunes Sobrinho, sócio da Engevix /Desenvix
Gerson de Mello Almada, ex-vice-Presidente da Engevix
Cristiano Kok, sócio da Engevix /Desenvix
Milton Pascowitch, lobista
João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do PT
Tecnologia do Blogger.