Ad Home

Greve dos professores municipais é ilegal, decreta Justiça


A Justiça decretou, nesta quarta-feira (9), a ilegalidade da greve dos professores da rede municipal de ensino. A decisão, que atendeu à um pedido da Prefeitura de Salvador, foi da desembargadora Sandra Inês Moraes Rusciolelli Azevedo. Parte dos docentes paralisaram as atividades, desde a última quinta-feira (3), após assembleia da categoria. Com isso, cerca de 150 mil alunos da rede estão sem aulas há cinco dias.
Segundo a decisão, os professores devem voltar às atividades imediatamente. Em caso de descumprimento, foi estabelecida uma multa diária de R$ 50 mil. De acordo com a Prefeitura, mesmo com a paralisação, mais de 60% das escolas estão funcionando normalmente desde o início do movimento.
Metro
Tecnologia do Blogger.