Ad Home

Se vencer na quinta, Chile passará Brasil no ranking da Fifa pela 1ª vez na história

Algo inédito na história do futebol pode acontecer nesta semana.
Se o Chile vencer o Brasil, nesta quinta-feira, pelas eliminatórias sul-americanas, passará a seleção canarinho no ranking da Fifa pela primeira vez desde que a lista foi criada, em agosto de 1993.
ESPN.com.br simulou todas as combinações de resultados possíveis nos jogos dos próximos dias e concluiu que, em caso de triunfo da Roja no Estádio Nacional de Santiago, o estrago já estará feito, e os chilenos aparecerão na frente dos brasileiros na próxima atualização do ranking, não interessando o resultado das partidas seguintes das eliminatórias.
Atualmente, o Chile é o 9º colocado da lista da Fifa, com 1177 pontos, enquanto o Brasil aparece em 7º, com 1204 pontos.
Se o time de Jorge Sampaoli conseguir esse feito, será algo inédito.
O mais perto que isso ficou de acontecer desde a criação do ranking foi em outubro de 2013, quando o Chile estava em 12º e o Brasil em 11º. No mês seguinte, porém, a Roja caiu para 15ª, enquanto a seleção canarinho subiu para 10ª.
Os atletas brasileiros, porém, garantem que farão de tudo para evitar que isso aconteça.
"Creio que o Chile não é favorito. São duas seleções que se respeitam, sabem jogar uma contra a outra, acho que é jogo sem favoritos. É um clássico que qualquer um pode vencer. Esperamos poder sair vitoriosos", bradou o goleiro Jefferson.
A favor do Brasil, pesa o retrospecto extremamente favorável em jogos contra o Chile. A última derrota para o adversário foi há 15 anos, em 15 de agosto de 2000: 3 a 0, pelas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2002, em Santiago.
Desde então, são 11 vitórias brasileiras e três empates.
"O Chile fez uma Copa América fantástica, é um time que vem em ascensão muito grande, mas Brasil é Brasil, é pentacampeão do mundo, e o Chile tem que nos respeitar", disparou o ex-lateral Cafu, que foi convidado pelo técnico Dunga para fazer parte da comissão técnica neste início de eliminatórias.
Roja, porém, vem embalada pelo inédito título da Copa América. Na opinião de alguns atletas do Brasil, os chilenos são até mesmo favoritos para a partida.
"Acho que eles estão em melhor momento, não dá pra esconder. Realmente, vai ser um grande desafio enfrentar a seleção campeã da Copa América, motivada, com a torcida lotando", afirmou o zagueiro Miranda.
Brasil e Chile se enfrentam na quinta-feira, às 22h30 (horário de Brasília), no Estádio Nacional de Santiago. Depois, a equipe canarinho encara a Venezuela na terça, às 22h. No mesmo dia, mas às 23h15, a Roja enfrenta o Peru, fora de casa.
Confira todas as combinações possíveis se o Chile ganhar do Brasil:
Chile vence Brasil e Peru; Brasil vence Venezuela
Chile vai a 1289 pontos, Brasil cai para 1208 pontos
Chile vence Brasil e empata com Peru; Brasil vence Venezuela
Chile vai a 1239 pontos, Brasil cai para 1208 pontos
Chile vence Brasil e perde para Peru; Brasil vence Venezuela
Chile vai a 1214 pontos, Brasil cai para 1208 pontos
Chile vence Brasil e Peru; Brasil empata com Venezuela
Chile vai a 1289 pontos, Brasil cai para 1161 pontos
Chile vence Brasil e empata com Peru; Brasil empata com Venezuela
Chile vai a 1239 pontos, Brasil cai para 1161 pontos
Chile vence Brasil e perde para Peru; Brasil vence Venezuela
Chile vai a 1214 pontos, Brasil cai para 1161 pontos
Chile vence Brasil e Peru; Brasil perde para Venezuela
Chile vai a 1289 pontos, Brasil cai para 1138 pontos
Chile vence Brasil e empata com Peru; Brasil perde para Venezuela
Chile vai a 1239 pontos, Brasil cai para 1138 pontos
Chile vence Brasil e perde para Peru; Brasil perde para Venezuela
Chile vai a 1214 pontos, Brasil cai para 1138 pontos
Tecnologia do Blogger.