Ad Home

Ex-presidente opina sobre nova configuração do governo, que deve cortar dez ministérios; Anúncio pode ocorrer na sexta (2)

Em mais um dia de conversas para definir os últimos detalhes da reforma administrativa que vai reduzir o número de ministérios, a presidente Dilma Rousseff almoçou nesta quinta-feira (1°) com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Palácio da Alvorada. Conselheiro político de Dilma, o ex-presidente tem participado das discussões sobre a nova composição dos ministérios.
Os ministros da Casa Civil, Aloizio Mercadante; da Comunicação Social, Edinho Silva, e o assessor especial da presidente, Giles Azevedo, também estão no Palácio da Alvorada.
Antes de seguir para o encontro, Dilma se reuniu com o vice-presidente, Michel Temer, que é também presidente do PMDB, partido da base aliada do governo que atualmente tem representantes em seis ministérios.
A presidente Dilma Rousseff pretende cortar dez dos 39 ministérios de seu governo. Por isso, desde a semana passada se reúne com lideranças do PMDB e de outras legendas em busca do melhor desenho para a nova equipe.
A expectativa era de que a reforma ministerial fosse anunciada nesta quinta, mas em entrevista a jornalistas na noite de ontem (30) Michel Temer disse que o anúncio poderia ficar para a sexta-feira (2).
Ig
Tecnologia do Blogger.