Ad Home

Delegado da PF pede que Lula seja ouvido na Lava Jato

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é suspeito de ter se beneficiado do petrolão, que é o esquema de corrupção na Petrobras. De acordo com a revista Época, Lula obteve vantagens para ele, para o PT e para o governo.
A informação consta em documento elaborado pela Polícia Federal (PF). O delegado Josélio Azevedo de Sousa pede autorização ao Supremo Tribunal Federal (STF) para ouvir Lula no inquérito que investiga políticos na Operação Lava Jato. O documento foi entregue na quarta-feira, 9, mas só teve o teor divulgado nesta sexta, 11.

Imagem de trecho do documento (Foto: Reprodução | Revista Época)"Atenta ao aspecto político dos acontecimentos, a presente investigação não pode se furtar de trazer à luz da apuração dos fatos a pessoa do então presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva que, na condição de mandatário máximo do país, pode ter sido beneficiado pela esquema em cursa na Petrobras, obtendo vantagens para si, para seu partido, o PT, ou mesmo para seu governo, com a manutenção de uma base de apoio partidário sustentada à custa de negócios ilícitos na referida estatal", disse o delegado Josélio Sousa, que faz parte do grupo da PF em Brasília que apura o caso.
O documento ainda complementa: "Neste cenário fático, faz-se necessário trazer aos autos as declarações do então mandatário maior da nação, Luiz Inácio Lula da Silva, a fim de que apresente a sua versão para os fatos investigados, que atingem o núcleo político-partidário de seu governo".
Atarde

Tecnologia do Blogger.