Ad Home

19 treinadores já foram demitidos no Brasileiro 2015

Com as quedas de Enderson Moreira, René Simões e Julinho Camargo nesta 26ª rodada do Brasileiro, 19 treinadores já foram demitidos no Campeonato Brasileiro de 2015. Contando as trocas sem demissão, já foram 22 mudanças nestas 26 rodadas do torneio.
Desde a queda de Luiz Felipe Scolari no Grêmio, ainda na segunda rodada do torneio, 18 treinadores perderam seus empregos. Contando as trocas de Milton Cruz e Marcelo Fernandes, que foram trocadas mas seguem trabalhando no clube, e a saída de Argel, que trocou de clube, foram 21 trocas de técnico em todo o torneio.
Apenas cinco clubes não trocaram de treinador neste campeonato. Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Corinthians e Sport ainda não mudaram de técnico em 2015. Levir Culpi, Milton Mendes, Gilson Kleina, Tite e Eduardo Baptista seguem nas equipes.
Considerando apenas as demissões, Fluminense, Flamengo, Cruzeiro, Joinville, Vasco e Goiás trocaram, cada um, duas vezes de técnico. O Figueirense também entra na lista de duas trocas, mas com apenas uma demissão, já que Argel deixou o clube por ser contratado pelo Internacional.
Veja as trocas de técnico no Brasileiro
19 demissões
Luiz Felipe Scolari, Grêmio
Ricardo Drubsky, Fluminense
Vanderlei Luxemburgo, Flamengo
Marcelo Oliveira, Cruzeiro
Hemerson Maria, Joinville
Marquinhos Santos, Coritiba
Oswaldo Oliveira, Palmeiras
Doriva, Vasco
Hélio dos Anjos, Goiás
Adílson Batista, Joinville
Guto Ferreira, Ponte Preta
Diego Aguirre, Internacional
Celso Roth, Vasco
Cristóvão Borges, Flamengo
Vanderlei Luxemburgo, Cruzeiro
Vinícius Eutrópio, Chapecoense
Enderson Moreira, Fluminense
René Simões, Figueirense
Julinho Camargo, Goiás
3 trocas sem demissão
Milton Cruz, São Paulo
Marcelo Fernandes, Santos
Argel Fücks, Figueirense
Tecnologia do Blogger.