Ad Home

Vereador de Campinas propõe criar dia do 'É gol da Alemanha'

Um vereador da cidade de Campinas quer que a data em que o Brasil foi derrotado por 7 a 1 na semifinal da Copa do Mundo de 2014 seja, anualmente, lembrado como o dia do 'É gol da Alemanha'. O projeto de lei nº 229/2015 é de Jota Silva (PSB), que apresentou uma página e meia de texto para justificar sua ideia.
"Anualmente deveremos lembrar este dia, com o objetivo de cobrar mais seriedade por parte das nossas autoridades esportivas com relação ao nosso futebol. O Brasileiro, que tem no futebol uma das suas grandes paixões, vem sendo enganado, surrupiado e tão pouco levado a sério em prol do enriquecimento ilícito de nossos dirigentes", justificou.
Segundo o projeto do vereador, apresentado e lido em plenário nesta segunda-feira (3/8), "a data referida (...) será lembrada todos os anos, com a realização de debates e atividades que lembram esse dia, com a participação da Crônica Esportiva da Cidade e entidades afins, sem custos para o erário".
"Este dia deverá ser lembrado todos anos, não só porque entrou para a história do futebol mundial, mas para ser um dia de reflexão e debates entre as pessoas que direta ou indiretamente agem no futebol brasileiro, e Campinas não pode ficar fora deste debate. Os clubes de nossa cidade, que já foram celeiros de grandes craques, hoje fazem parte deste caótico e falido futebol do Brasil, que levou a esta grande tragédia", justifica, em outro trecho.
Por fim, o vereador pede aos colegas a aprovação de sua proposta. "Se nós que amamos o futebol não tomarmos alguma iniciativa, mesmo que simples como esta, não vamos lembrar o 8 de julho de 2014, mas com certeza estaremos caminhando rumo a novas tragédias no Brasil, que já foi o 'País do Futebol'", encerrou.
Jota Silva, de 60 anos, está em seu terceiro mandato como vereador de Campinas, depois de ter sido eleito com 2.658 votos no pleito de 2012. Ele é também radialista na cidade do interior de São Paulo.
Espn
Tecnologia do Blogger.