Ad Home

Chupetas "decoradas" colocam a saúde da criança em risco


A moda de chupetas decoradas com pedrinhas e pérolas tem despertado preocupação entre os médicos e especialistas da área. Fora a beleza, crianças correm o risco de engolir essas pecinhas (botões, cristais, fitas) no caso de elas desgrudarem da chupeta. Resultado? Os bebês podem engolir esses ojetos, causando engasgo ou sufocamento. Outro perigo que esses produtos personalizados oferecem é a cola utilizada para fixar as pecinhas, que pode ser tóxica e inalada pela criança.

Em nota publicada em janeiro de 2015, o Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) alerta que as "chupetas e mamadeiras são produtos que devem atender a requisitos técnicos e procedimentos de avaliação da conformidade para serem colocados à venda no mercado". O instituto informa ainda que a customização destes produtos é entendida como "alteração e, portanto, implica na necessidade de uma reavaliação técnica" e, consequentemente, na "emissão de um novo certificado para o produto alterado ou customizado".

Quem comercializa chupetas e mamadeiras customizadas sem a certificação ou registro, ou seja, sem a demonstração de que o mesmo atende aos requisitos técnicos especificados pelo Inmetro e Anvisa pode ser punido. Segundo o Inmetro, o fornecedor de produto customizado não certificado comete irregularidade "passível de aplicação de penalidades, incluindo multas e apreensão dos produtos".
Tecnologia do Blogger.