Ad Home

A lateral Tamires, da seleção brasileira, foi assaltada nesta sexta-feira, quando deixava da casa da sogra, em Santo André, num grupo de oito pessoas. Não houve feridos

A jogadora Tamires Cássia Dias de Britto, lateral esquerda titular da seleção brasileira campeã dos Pan de Toronto, saía da casa de sua sogra na manhã desta sexta-feira, no bairro Parque Jaçatuba, em Santo André, quando ela e sua família foram abordadas por dois homens. Eles anunciaram um assalto e levaram, entre outros pertences, sua bolsa. Nela estava depositada a medalha de ouro que ganhou no sábado passado, no Canadá. 

A jogadora estava caminhando rumo ao seu carro, acompanhada de cinco adultos e de duas crianças -- o filho de cinco anos e uma sobrinha de 10 --, quando uma vizinha conhecida chegou para cumprimentá-la. Foi neste instante que os dois ladrões se aproximaram, armados. Não houve feridos. Os assaltantes fugiram da cena com o carro da vizinha. 
Na quinta-feira, Tamires, de 27 anos, foi ao Rio de Janeiro para ser homenageada na sede da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), ao lado das companheiras que derrotaram a Colômbia por 4 a 0 na decisão do Pan. Ela viajou com a medalha. Nesta sexta, carregava o prêmio pois, mais tarde, participaria da gravação de um programa de TV. A confederação vai fazer uma réplica da medalha em substituição ao item roubado. 
iG
Tecnologia do Blogger.