Ad Home

Zezé di Camargo: 'Graciele tem um corpo escultural, mas eu me apaixonei pela alma dela'



Em 29 de maio, uma foto no Instagram do cantor Zezé di Camargo, 51 anos, surpreendeu seus seguidores, em sua maior parte formada por fãs do sertanejo. A imagem postada mostrava a namorada, Graciele Lacerda, 33, nascida no Espírito Santo. "Ela cantava todas as nossas canções. Era fã mesmo, sabia até as músicas que eu fiz antes de a dupla existir. Isso me cativou, sem contar a beleza", recorda o cantor. Em turnê pelo Nordeste, Zezé e Graciele falaram com exclusividade a CONTIGO!, no Recife, Pernambuco. Durante a entrevista, o cantor explicou os motivos por ter assumido Graciele recentemente. Ele e a ex-mulher, Zilú Camargo, 56, terminaram em junho de 2012, mas ainda estão envolvidos no processo de separação e não assinaram o divórcio. "Tenho três filhos (Wanessa, 31, Camilla, 28, e Igor, 18) que amo e não queria magoar ninguém. Sem contar que eu quis esperar Zilú resolver sua vida afetiva", afirma.
"Estava com medo da reação das pessoas, mas ele me convenceu que a hora certa havia chegado", conta Graciele, ao falar sobre a decisão em assumir. "Nossa vida virou um furacão depois do episódio. Foram dias de muito tumulto. Passei noites em claro apagando comentários. Começaram a colocar defeitos nela. Aí postei outra foto, dela de biquíni. Assumi o meu lado bem masculino, tipo: 'Olhem o avião que está a meu lado'. Caíram matando", revela o cantor. "Fiquei até doente de tanto olho gordo (risos)", completa Graciele. "Mas continuo escondidinha, tranquila no meu lugar."
Em 2010, Graciele se formou em jornalismo, mas nunca exerceu a profissão. Há quatro anos, ela perdeu o pai (Célio, então com 73 anos) em um atropelamento. Morou a maior parte da vida em Vila Velha, no Espírito Santo, onde nasceu. "Com a morte do pai, eu e minha mãe (Maria, 65) deixamos nossa casa e nos mudamos para um apartamento menor. Queríamos deixar as lembranças para trás", diz ela. "Graciele é uma mulher linda, tem um corpo escultural, mas eu me apaixonei por sua alma. É claro que a beleza física foi o que me chamou atenção primeiro, mas foi sua humildade que me conquistou. Ela poderia usar os atributos físicos para conseguir vantagens, como muitas mulheres fazem por aí, mas continuava levando uma vida simples. Ela nasceu em Vila Velha, na beira do mar, mas a primeira vez que comeu lagosta foi comigo. Ela é mais humilde do que uma menina do interior de Goiás", conta Zezé ao listar o que mais o atraiu na namorada.
Zezé revela que deu trabalho conquistar Graciele, muito reticente às primeiras investidas. "Eu achava que nenhum artista prestava!", explica a moça. "Comecei a me aproximar bem devagar e até cheguei a colocar pessoas atrás dela, em Vitória, para colher informações. Fiquei um ano pesquisando sobre sua vida. Eu pedi o telefone da Graciele para uma amiga em comum e começamos a nos falar", revela o cantor. "Eu gostava de conversar com ele. Teve uma vez em que Zezé me perguntou se estava incomodando, mas eu falei que não, que gostava do papo. Não queria me envolver... Mas eu me interessei pelo jeito dele", assume Graciele.


Música para ela

Segundo Zezé, o relacionamento engrenou quando ele pediu para uma amiga levá-la, de surpresa, a um show dele. "Cantei Para Mudar a Minha Vida (cujo refrão diz Você chegou, me deixou sem saída) olhando para ela. Foi fatal!", relembra o cantor. E completa: "Ela me deu um trabalho (risos)! Eu a chamava para sair e ela levava um monte de amigas. Não entrava no meu carro de jeito nenhum". Graciele contou que depois de cantar para ela no show, Zezé não a deixou entrar no camarim para vê-lo. "Fiquei pensando no que havia acontecido e entendi que era amor de verdade. No outro dia, ele me ligou e começamos a nos relacionar." A canção tornou-se o tema do casal. Zezé também escreveu Pra Você, gravada por Paula Fernandes, 29, pensando em Graciele. "Ela é minha musa inspiradora."
Além de conquistar Graciele, o sertanejo também teve de convencer a família da namorada. "Conheci a família toda. Para eles, nossa relação era muito difícil. Eles são muito conservadores, bem tradicionais e foram contra no começo. Depois, eles aceitaram. A mãe dela é muito fã da dupla." Graciele conta que, em casa, sempre ouviu muita música sertaneja. "Aquela de raiz, tipo Tonico e Tinoco, Tião Carreiro e Pardinho e, claro, também Zezé di Camargo & Luciano. A primeira vez que minha mãe foi a um show deles, eu que a levei. Ficamos no meio do povo, foi muito emocionante", diz ela. "Eu não acreditei quando vi as duas espremidas na multidão. Ela já me conhecia e não pediu para ficar em um lugar privilegiado. O caráter dela me cativou, não estava acostumado a ver uma mulher com esse tipo de personalidade no meio em que vivo."

Coisas em comum

Zezé diz que, além do gosto pela música, ambos dividem o paladar pelos mesmos pratos. "Eu e ela gostamos de pequi (fruta típica do cerrado brasileiro), costelinha de porco, arroz e feijão... e por aí vai! Quando como algo que gosto, na hora, eu falo para ela experimentar", diz ele. "Quando a gente quer viajar e perguntamos para onde vamos, a resposta é sempre a mesma: para a beira de um rio! A última viagem foi para o Pantanal, onde fomos pescar. Peguei um tucunaré de 5 quilos, tenho fotos para provar que é verdade (risos)", conta Graciele. "Eu encontrei alguém que gosta de tudo o que eu gosto: de sertanejo, de comida simples, de pescaria. Ela é amiga dos meus amigos. Eu vivi a minha vida inteira fazendo as vontades dos outros. Hoje, eu quero viver com uma pessoa que tenha os mesmos gostos que eu, quero que ela seja minha companheira. Eu sempre procurei alguém que pensasse igual a mim, que me acompanhasse em uma moda de viola, que cantasse comigo, mesmo que fosse desafinada (risos)", completa Zezé.
Contigo
Tecnologia do Blogger.