Ad Home

Transalvador reduz número de agentes nas ruas por causa da greve na polícia


O efetivo da Transalvador foi reduzido, nesta quarta-feira (16/4), mas operações especiais, como a que ordena os veículos na região do terminal marítimo de São Joaquim, seguem normalmente.

Na maior parte da cidade o clima é de tranquilidade, com os ônibus circulando, embora em menor número.
Mas na Estação Pirajá os passageiros têm dificuldades em conseguir transporte. O movimento de passageiros está reduzido no local, já que 85% dos veículos que circulam no terminal deixaram de operar.
Em entrevista à Rádio Metrópole, o secretário estadual de Segurança Pública, Maurício Barbosa, disse que soldados do Exército começam a ir para as ruas, em Salvador, e que parte da polícia continua trabalhando.
Lojas foram assaltadas na Calçada, Joana Angélica e Manoel Dias da Silva, mas ainda faltam informações que permitam ligar os crimes diretamente à greve dos policiais.
Em Camaçari, o prefeito Ademar Delgado convocou uma reunião com os comandantes do 12° Batalhão da PM, tenente coronel Adalberto Piton, e da 59ª CIPM (Companhia Independente de Polícia Militar), major Daniel Figueiredo, com as delegadas Maria Daniele Monteiro, da 26ª DT (Delegacia Territorial) de Vila de Abrantes, e Aymara Bandeira, da 33ª DT de Monte Gordo, além de secretários municipais.
Tecnologia do Blogger.