Ad Home

É Campeão! Bahia fatura o título baiano com empate no segundo BaVi da final

 É Campeão! Bahia fatura o título baiano com empate no segundo BaVi da final (Fotos: Robson Mendes)
O Bahia é o campeão baiano de 2014. O Tricolor empatou no segundo clássico BaVi da final do Baianão, na tarde deste domingo (13), em Pituaçu, e partiu para a festa com a torcida para levar a taça para casa. Mesmo com a vantagem de poder até perder, o Esquadrão se impôs, foi superior e chegou a abrir dois gols de vantagem depois que Fahel e Lincoln marcaram ainda na primeira etapa. No segundo tempo o Vitória tentou a reação, mas só conseguiu o empate em 2 a 2 depois de marcar com Juan e Ayrton. Não o suficiente para evitar a folia tricolor.


Passadas as emoções da disputa do estadual, Vitória e Bahia voltam suas atenções para o cenário nacional com o segundo jogo da primeira fase da Copa do Brasil. Na quarta-feira (16) o Leão enfrenta o JMalucelli, em Pituaçu, com bola rolando às 19h30. O Tricolor tem compromisso na quinta-feira (17), contra o Villa Nova-MG, na Arena Fonte Nova, a partir das 21h. Os dois times empataram no primeiro jogo e jogam por um novo empate nas partidas de volta.
O jogo - A bola rolou em Pituaçu e a primeira atitude dos dois times foi tentar se impor e até intimidar o adversário, o que fez com que os primeiros minutos tivessem mais paralisações por faltas que bola rolando. Quando os ânimos se acalmaram, o Leão precisou propor o jogo e colocar em prática o esquema tático mais ofensivo. Com a marcação adiantada e os volantes pressionando no campo do Bahia, o Rubro-negro tentava a pressão. Para não ter que ficar chamando o rival para sua área, o Tricolor respondeu saindo mais do campo defensivo e adiantando o jogo.

Sem a pressa para atacar, o Bahia se preocupava em defender, mas aproveitava as chances de sair no ataque. As bolas paradas também rendiam oportunidades e assim o Tricolor conseguiu abrir o placar na partida. Na marca dos 19 minutos, Anderson Talisca cobrou falta do lado direito da área do Vitória, levantou na pequena área e Fahel subiu de cabeça para acertar em cheio a cabeçada na bola e estufar a rede.

O gol complicou ainda mais a vida rubro-negra, que a partir dali precisava de pelo menos três gols de vantagem no placar. Mas nem assim o Leão encontrou espaço para oferecer perigo. Com a marcação funcionando para o Bahia, era difícil ver o Vitória chegando na área do rival a não ser pelas bolas áreas. Enquanto isso o Esquadrão aguardava a hora certa de dar o bote, como fez aos 41 minutos. Rhayner mandou o lançamento na medida para a área, Lincoln dominou em posição legal e acertou o chute para ampliar o placar e arrematar de vez a primeira etapa do jogo.
Na segunda etapa do duelo o Vitória não tinha escolha, precisando de quatro gols, a única opção era atacar. E o Rubro-negro foi o primeiro a finalizar no segundo tempo. Aos cinco minutos Ayrton passou para Wellison no meio da área, ele girou na marcação e chutou forte para a defesa de Lomba. O Vitória insitiu e viu o caminho do primeiro gol se abrir pouco depois. Diego Macedo acabou dominando com o braço depois de uma cobrança de escanteio, aos nove minutos, e cometeu a penalidade. Juan foi para a cobrança e converteu para diminuir o placar.

Apesar do gol, a situação do Vitória voltou a se complicar com a expulsão de Matheus Salustiano aos 17 minutos, depois de receber o segundo amarelo. Com um a menos o Leão continuava tentando ir para cima, mas ficava ainda mais exposto aos contra-ataques do Bahia. E o Vitória seguiu insistindo até conseguir empatar o jogo. Em lance que começou com erro de Pará na saída de bola, Ayrton chutou de fora da área, recebeu o rebote no bate-rebate e completou de dentro da área para igualar a contagem aos 29 minutos.
O empate esquentou ainda mais o jogo, mas o Bahia conseguiu admistrar bem as investidas do rival, se defendendo e levando perigo de volta nos contra-ataques. Mesmo com boas chances criadas nos dois lados, o placar não mais mudou e confirmou o título para o Tricolor.

Vitória 2 x 2 Bahia - Finalíssima do Campeonato Baiano 2014Data: 13/4/2014, dom, 16h
Local: estádio de Pituaçu, Salvador
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (FIFA-RJ)
Assistentes: Rodrigo Pereira (FIFA-RJ) e Kleber Lúcio Gil (FIFA -SC)

Vitória: Wilson; Ayrton, Mateus Salustiano, Luiz Gustavo e Juan; Neto, José Wellison (Mansur), Cáceres (Dão), Marquinhos e Dinei; Souza (William Henrique). Técnico: Ney Franco

Bahia: Marcelo Lomba, Diego Macedo, Demerson, Titi e Pará; Fahel, Rafael Miranda, Lincoln (Pittoni), Talisca e Rhayner; Maxi Biancucchi (Anderson Conceição). Técnico: Marquinhos Santos
Correio
Tecnologia do Blogger.