Ad Home

Caso Bernardo: grupo de elite da polícia gaúcha vai ajudar nas investigações Segundo amiga, madrasta cobriu corpo com soda cáustica comprada a R$ 29


Um grupo de elite da inteligência da polícia gaúcha entrou nas investigações sobre a morte de Bernardo Uglione Boldrini, de 11 anos, encontrado enterrado em um matagal em Frederico Westphalen, no interior gaúcho, no dia 14 de abril. O pai, a madrasta e uma amiga do casal estão presos suspeitos de envolvimento no crime.
O gabinete de inteligência e assuntos estratégicos atua em casos complexos. Os agentes estão na cidade de Três Passos, para ajudar na conclusão dos trabalhos de apuração.
Até agora, o inquérito sobre a morte do menino tem depoimentos de, pelo menos, 100 pessoas, entre vizinhos, amigos e os suspeitos do crime. O prazo final para o inquérito deve ser prorrogado.  
Alta do hospital
Na segunda-feira (28). a avó de Bernardo, Jussara Uglione, recebeu alta do hospital. Ela estava internada porque passou mal após o enterro do neto.

Soda cáustica
O corpo de Bernardo Boldrini, de 11 anos, foi coberto com soda cáustica antes de ser enterrado. A informação foi passada à polícia pela assistente social Edelvânia Wirganovicz, que teria ajudado a madrasta a ocultar o cadáver. Segundo ela, Graciele Ugulini comprou duas embalagens do produto, cada uma por R$ 14,50. Segundo o químico Luiz Ferrari, o material acelera a decomposição de corpos e evita o mau cheiro. 
A soda cáusitca é um desengordurante, usado normalmente na fabricação de produtos de limpeza. Qualquer pessoa pode comprar o produto em lojas de ferragens e até em supermercados. O material é extremamente corrosivo. Em contato com a pele, pode causar, imediatamente, queimaduras de terceiro grau. 
A madrasta de Bernardo, a enfermeira Graciele Ugulini, não confirma nem desmente nenhuma informação. A Justiça determinou que a guarda da filha de Graciele e do médico Leandro Boldrini, de um ano e meio, fosse transferida para uma tia. Também foi decretado o bloqueio de todos os bens do pai de Bernardo até que seja esclarecido qual o patrimônio pertencia ao menino. 
http://noticias.r7.com
Tecnologia do Blogger.