Ad Home

No Rio, turista de número 6 milhões é recebida com festa no desembarque


Argentina Nadia Panis chegou ao Galeão em um voo vindo de Buenos Aires.
Comemoração teve música, brigadeiro e prêmio para a visitante escolhida.

Argentina é a turista número seis milhões a chegar no Brasil (Foto: Renata Soares/G1)

A manhã desta quinta-feira (5) foi de festa no Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim (Galeão), na Ilha do Governador, no Rio. A Empresa Brasileira de Turismo (Embratur) recebeu a turista número seis milhões. O número é um recorde histórico e rompeu a marca dos cinco milhões de visitantes em que o país estava desde 2005. De acordo com o presidente da empresa, Flávio Dino, até 2017 este número deve chegar a 10 milhões.
"Esperamos chegar ao número de 10 milhões de turistas estrangeiros em 2020, mas com os grandes eventos, como a Copa do Mundo, a expectativa é chegar a esse número em 2017", declarou Dino.

Argentina é selecionada A escolhida foi a argentina Nadia Panis, de 30 anos, que chegou no voo da TAM JJ8003 vindo de Buenos Aires. A advogada foi recepcionada com música, brigadeiros e ganhou um mapa do Rio, além de uma estadia – com direito a acompanhante – em Búzios, na Região dos Lagos.
Na chegada, Nadia disse que veio ao Brasil passar férias com as amigas e comemorar o aniversário de uma delas. De acordo com informações da Embratur, a passageira foi escolhida porque a Argentina é o país de onde vem a maior parte de turistas para Brasil. Além disso, Nadja foi uma das primeiras passageiras a comprar o bilhete para esse voo.

Amigas de Nadia também vieram ao Rio para passar férias (Foto: Renata Soares/G1)Letreiro: 'Seja bem-vindo' Além da festa para Nadia Panis, a Embratur preparou uma ação promocional com outros 40 passageiros do mesmo voo. Sensores foram colocados na bagagem dos turistas para fazer a supresa: quando eles passaram pelo portão de desembarque do Terminal 2 do aeroporto do Galeão, um letreiro acendeu mostrando a frase ‘Seja bem-vindo’ e o nome de cada turista.
Quem passou pelo terminal nesta quinta também pode conferir imagens de várias cidades do Brasil expostas em um telão.  De acordo com a Embratur, os eventos no Rio, como a Jornada Mundial de Juventude e a Copa das Confederações, em julho, ajudaram a divulgar a imagem da cidade para o mundo.
"Nosso crescimento está acima da média mundial: no ano passado, crescemos 5%, enquanto a média foi de 3%. Há um crescimento constante acelerado, ainda mais pelos eventos. O impacto dos megaeventos é indiscutível", afirma o presidente da Embratur, Flávio Dino.

Visitas por continente Em 2012, o Brasil recebeu quase 5,7 milhões estrangeiros. Segundo o Anuário Estatístico de Turismo 2013, do Ministério do Turismo, os sul-americanos foram os que mais desembarcaram no país (2.822.519). Em seguida, vieram os europeus (1.652.205), depois os moradores de países da América do Norte (716.583), os asiáticos (297.032) e os africanos (92.349). Por último, estiveram turistas da Oceania (52.815) e da América Central (39.895).
O país com maior representatividade no turismo brasileiro no ano passado foi a Argentina. Dos quase 5,7 milhões de estrangeiros, os "hermanos" eram pouco mais de 1,6 milhão. Em 2011, quando foram recebidos 5,4 milhões de estrangeiros, esse mesmo cenário foi observado: os turistas que mais visitaram o Brasil vieram da América do Sul (2.628.957), seguidos pela Europa (1.621.183), América do Norte (729.756), Ásia (279.161), África (86.511), Oceania (44.657) e América Central (42.879).
G1
Tecnologia do Blogger.