Ad Home

PM ocupa bairro para implantação de sexta Base Comunitária na Bahia

Comunidade fica em Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador. Policiais cumprem 12 mandados de prisão na manhã desta sexta-feira (3).
As polícias Militar e Civil realizam desde a madrugada desta sexta-feira (3) a operação "Itinga em Paz", etapa para a implantação da 6ª Base Comunitária de Segurança na Bahia, no bairro localizado em Lauro de Freitas, município da região metropolitana de Salvador. Esta será a primeira unidade inaugurada fora da capital. Cinco bases já foram instaladas em Salvador, uma no Calabar, outra em Fazenda Coutos e três no complexo do Nordeste de Amaralina.
Operação (Foto: Sérgio Cavalcante/PM)
Em maio deste ano, a Secretaria de Segurança Pública anunciou que o Bairro da Paz, na capital baiana, e o bairro de Itinga, em Lauro de Freitas, seriam as próximas comunidades de Salvador e região metropolitana a receber uma base da polícia comunitária. De acordo com a PM, a escolha dos dois bairros foi feita considerando o índice de violência registrado nas localidades, além da facilidade em organizar a montagem das bases, como a identificação e locação de imóveis adequados.

Segundo a Polícia Militar, 289 policiais participam da ação na manhã desta sexta-feira, que cumpre 12 mandados de prisão, além de realizar apreensões de armas, drogas e veículos irregulares.
Operação Itinga (Foto: Sérgio Cavalcante/PM)

"A comunidade não demonstra resistência, até as 8h30 de hoje, já cumprimos 70% dos mandados de prisão, além de termos apreendido armas e drogas", diz o coronel Zeliomar Almeida, responsável pela Superintendência de Prevenção à Violência da Secretaria da Segurança Pública do estado (SSP-BA).

O coronel explica que a operação foi dividida em algumas fases. "Para a implantação da Base Comunitária precisamos de algumas etapas. Já passamos pela fase de planejamento, onde conhecemos a demanda do local e identificamos suspeitos, agora estamos na parte tática, de ocupação da comunidade, reforçando o policiamento e cumprindo mandados. Acredito que dentro de três meses chegaremos à fase final, com a implantação da Base Comunitária", pontua Zeliomar Almeida. Ele acrescenta que a base do Bairro do Paz tem previsão de iniciar os trabalhos de implantação no mês de setembro.

Primeiras unidades
As bases são inspiradas nas Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), que funcionam em comunidades no Rio de Janeiro. A primeira da capital baiana foi implantada no bairro do Calabar, inaugurada no mês de abril de 2011. A de Fazenda Coutos foi a primeira a contar com um sistema de mapeamento digital.

As bases localizadas no Nordeste de Amaralina abrangem as localidades de Santa Cruz, Vale das Pedrinhas e Chapada do Rio Vermelho.

A implantação de outras 10 bases de segurança na Bahia estão previstas para 2012 e inclui municípios como Camaçari, Feira de Santana, Porto Seguro, Itabuna, Vitória da Conquista e Barreiras.
Operação Itinga (Foto: Sérgio Cavalcante/PM)





Fonte: G1

Tecnologia do Blogger.