Ad Home

'Aulões do Enem' recebem cerca de sete mil inscrições na Bahia, diz SEC



Sistema ficou aberto para cadastro de estudantes até esta sexta-feira (10). Aulas servem como reforço para alunos de 3° ano que vão fazer o exame.
Cerca de sete mil estudantes da Bahia se inscreveram para participar dos "Aulões do Enem" até esta sexta-feira (10). De acordo com a Secretaria da Educação do Estado (SEC), o prazo para cadastro no site do órgão seria até a quinta-feira (9), mas o sistema de inscrições ficou aberto até as 18h desta sexta. Os estudantes foram comunicados nas escolas. A Secretaria informa que o número de inscritos foi o esperado pelo órgão e que não vai haver prorrogação das inscrições.
Aulao Bahia (Foto: Rafaela Ribeiro/ G1)

Os "aulões", de acordo com a SEC, são reforços para os alunos concluintes do 3º ano do ensino médio e 4º ano da Educação Profissional Integrada que vão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As aulas começaram a ser ministradas no dia 4 de agosto em Salvador e no interior do estado.

Segundo a Secretaria da Educação da Bahia, os "Aulões do Enem" são realizados até o mês de novembro em 13 bairros da capital e em 11 cidades do interior do estado. As aulas focam em 32 temas nas áreas de matemática, linguagens, ciências da natureza e ciências humanas.
saiba mais
Governo começa a pagar salários cortados de professores grevistas
Colégio Central, em Salvador, retoma aulas parcialmente, diz SEC
‘Categoria estava passando fome’, diz professor após fim da greve na Bahia
As aulas serão realizados sempre às terças,  quintas ou sábados em Salvador, e no interior somente aos sábados.  No caso dos municípios que não serão contemplados com os aulões, a Secretaria informou que vai transmitir as aulas em tempo real, por videoconferência, nas sedes das Diretorias Regionais de Educação (Direc). Além disso, os aulões serão gravados e ficarão disponíveis para acesso no Portal da Educação.

Fim da greve dos professores
Em assembleia realizada no dia 3 de agosto, em Salvador, os professores da rede estadual de ensino  público da Bahia suspenderam a greve da categoria. Eles ficaram 115 com as atividades suspensas. As aulas foram retomadas na segunda-feira (6).

Novo calendário
No dia 3 de agosto, a Secretaria de Educação do Estado informou, através de nota oficial, que os professores são os responsáveis por elaborar novo calendário de aulas para alunos da rede estadual. A secretaria orienta que os professores devem utilizar os sábados e estender a programação das aulas até os meses de janeiro e fevereiro do próximo ano.

"Apenas 7% das escolas estavam paralisadas. A dinâmica que nós adotamos é que a escola, ao retornar da greve, ela elabora o seu calendário de reposição, aprova esse calendário com o colegiado escolar e depois envia o calendário para a secretaria", informou o secretário de Educação Osvaldo Barreto. O secretário disse ainda que a matrícula 2013 será realizada em período normal. A orientação é que o aluno seja matriculado para o ano seguinte e ele ficará condicionado ao processo de aprovação escolar.



Fonte: G1ba


Tecnologia do Blogger.