Ad Home

Pacientes do SUS relatam problemas mesmo em cidades bem avaliadas

                              O atendimento médico em oito cidades avaliadas.

                         Mesmo nas que tiveram boas notas, usuários fazem reclamações.

Lotação em sala improvisada para atendimento de pacientes em hospital de Fortaleza é chamada por pacientes e visitantes de "piscinão" (Foto: André Teixeira/G1)
Usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) nas cidades mais mal avaliadas no ranking divulgado nesta quinta-feira (1º) relatam situações de caos e dificuldades no atendimento que chegam a lembrar “cenário de guerra”, segundo pacientes. Mesmo em cidades que foram mais bem avaliadas pelos usuários, entretanto, é possível ouvir reclamações de que a boa nota não é necessariamente sinônimo de atendimento bom, e alguns pacientes relatam espera de mais de 3 horas por atendimento.

 hospitais de oito das cidades que se destacaram no ranking divulgado pelo governo, e entrevistou pacientes que buscavam atendimento médico. A longa espera foi a principal reclamação ouvida em postos médicos da rede pública de Vitória, Curitiba, Ribeirão Preto e Arco Íris – que ficaram nos primeiros lugares da lista. Já nas cidades com pior avaliação - Fortaleza, Rio de Janeiro, Distrito Federal e João Pessoa-, as reclamações incluem falta de leitos, fila de pessoas no chão do hospital, alagamentos dentro dos locais de atendimento e uma situação que “parece que houve a terceira guerra mundial”, segundo uma paciente ouvida em Fortaleza.




Tecnologia do Blogger.