Ad Home

Economia de 4,2% no consumo de energia durante o horário de verão.

Foto: ambientalsustentavel.org
Após oito anos sem adotar o horário de verão, a Bahia voltou a modificar os relógios em 2011. Segundo o relatório do Operador Nacional do Sistema Elétrico, o estado economizou 105 megawatts, o que corresponde a 4,2% de toda a energia elétrica, que seria consumida neste período.
Para a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), que defendeu a mudança, o novo horário deve ser mantido nos próximos anos. “A Bahia responde por 55%, aproximadamente, das exportações do nordeste e o mundo externo se relaciona com o Brasil tomando o horário de Brasília como referência. Então, todos os fatores são favoráveis do ponto de vista da atividade econômica pela adoção do horário de verão”, afirmou o vice-presidente da Fieb, Reinaldo Sampaio.
Período
Desde 2008, com a edição de um decreto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que o horário de verão se inicia no terceiro domingo de outubro e vai até o terceiro domingo de fevereiro.
Quando houver coincidência entre o domingo de Carnaval e o término da medida, o encerramento se dará no domingo seguinte como foi o caso de 2012. Neste ano o Carnaval foi comemorado entre os dias 18 e 21 de fevereiro. O objetivo do horário de verão é aproveitar os dias mais longos do verão, com mais tempo de luz solar, para economizar energia.


Fonte: SulBahia
Tecnologia do Blogger.