Ad Home

Burger King põe pimenta no hambúrguer para brigar com Big Mac

Rede da fast-food quer acelerar a expansão no Brasil e reforça estratégia de marketing para popularizar o Whooper.

O Burger King colocou pimenta no hambúrguer como parte de sua estratégia de marketing para popularizar no Brasil o Whopper, a sua principal marca de sanduíche, e transformá-lo num rival à altura do Big Mac, do McDonald’s.

“Ainda estamos em uma fase de construção de marca no Brasil, onde o Burger King, apesar de estar no País desde 2004, demorou para ganhar escala”, afirma Ariel Grunkraut, diretor de marketing do Burger King no Brasil.

O Whooper, afirma Grunkraut, é o carro-chefe e será o foco dos investimentos da rede. Para chamar a atenção dos consumidores, a rede criou versões por tempo limitado do sanduíche, como, por exemplo, o “Whopper Furioso”, como foi batizada a versão com a pimenta mexicana Jalapeño, que ficará três meses no cardápio.

Em suas demonstrações financeiras, divulgadas pela sede do grupo em Miami, nos Estados Unidos, o Burger King afirmou que faz parte de sua estratégia acelerar a expansão internacional e que o Brasil é um dos países onde a rede quer se fortalecer.

Hoje, o Burger King possui 180 restaurantes no mercado brasileiro, bem menos do que o McDonald’s, que chegou nos anos 80 ao País e consolidou-se na liderança do setor.

No ano passado, porém, o Burger King firmou uma sociedade no Brasil com a Vinci Partners, do empresário Gilberto Sayão (ex-Pactual), que passou a ser a única franqueada da rede no País. Com esse acordo, é esperado, agora, que a cadeia de fast- food ganhe velocidade e agilidade.

Quando chegou ao Brasil, o Burger King firmou acordos com vários grupos, que respondiam cada um pela franquia da rede em diferentes regiões do País. Essa estratégia, porém, dificultou investimentos e fez com que a rede crescesse mais lentamente do que o previsto.



Fonte: IG
Tecnologia do Blogger.