Ad Home

Brasileiros gastam 1,746 bilhão de dólares no exterior em fevereiro


Com 617 milhões de dólares de receita com turistas estrangeiros, déficit na conta de viagens internacionais foi de 1,129 bilhão de dólares.
Miami, nos Estados Unidos, é um dos destinos preferidos dos brasileiros para compras
O brasileiro continua gastando mais no exterior do que turistas estrangeiros que visitam o país. Segundo dados do Banco Central (BC) divulgados nesta sexta-feira, o Brasil registrou déficit na conta de viagens internacionais de 1,129 bilhão de dólares em fevereiro e de 2,464 bilhões de dólares no primeiro bimestre de 2012. 


O resultado de fevereiro é a diferença entre 1,746 bilhão de dólares gastos por brasileiros no exterior e 617 milhões de dólares de receita com turistas estrangeiros no Brasil. O total gasto no primeiro bimestre, segundo dados do BC, é o recorde desde o início da série história, em 1947.


O déficit de 1,129 bilhão de dólares nas viagens contribuiu para mais um resultado negativo nas transações correntes brasileiras, que em fevereiro foi de 1,766 bilhão de dólares. De acordo com o BC, a maior contribuição do déficit nas transações correntes no mês passado veio da conta de serviços, que terminou no vermelho, totalizando  2,769 bilhões de dólares. Do outro lado, o saldo negativo foi parcialmente compensado em fevereiro pelo superávit de 1,715 bilhão de dólares na balança comercial – saldo das exportações sobre as importações.


A dívida externa estimada pelo BC chegou a 301,109 bilhões de dólares em fevereiro, representando um aumento de 2,9 bilhões de dólares em relação ao apurado em dezembro – 262,135 bilhões de dólares de longo prazo e 38,974 bilhões de dólares com vencimento no curto prazo. A taxa de rolagem de empréstimos de médio e longo prazos foi de 277% em fevereiro, incluindo desembolsos e amortizações.


Investimento estrangeiro – Os Investimentos Estrangeiros Diretos (IED) somaram 3,648 bilhões de dólares no mês, resultado que superou a média das projeções de analistas consultados pela Agência Estado – que era de 3,2 bilhões de dólares. As remessas de lucros e dividendos para o exterior somaram 528 milhões de dólares.


No primeiro bimestre, o IED soma 9,08 bilhões de dólares. Em 12 meses, o ingresso para o setor produtivo totalizou 64,992 bilhões de dólares, o equivalente a 2,6% do PIB. Para 2012, o BC manteve a expectativa de o Brasil receber 50 bilhões de dólares apenas em investimentos diretos.


Os investimentos estrangeiros em ações brasileiras somaram 768 milhões de dólares em fevereiro – mais que os 587 milhões de dólares registrados em janeiro. Em títulos de renda fixa brasileiros, foram investidos 378 milhões de dólares.




Fonte: Veja
Tecnologia do Blogger.