Ad Home

Biamputado, atleta supera índice olímpico e fica perto de Londres

Para obter a classificação, o sul-africano Oscar Pistorius precisa correr novamente abaixo do índice, mas em uma competição internacional.


Oscar Pistorius classificou de 'momento mágico' o instante em que cruzou a linha de chegada
O atleta biamputado Oscar Pistorius deu mais uma prova de sua capacidade de superar limites. Neste sábado, o sul-africano superou o índice necessário para representar seu país no Jogos Olímpicos de 2012 nos 400 metros rasos. 


Pistorius obteve o tempo de 45s20 - dez centésimos de segundo abaixo do determinado pelo comitê olímpico sul-africano.


Pelas regras dos dirigentes esportivos da África do Sul, no entanto, o corredor precisa superar a marca novamente para ir a Londres, só que desta vez em uma competição internacional. Depois de disputar o mundial de atletismo da Coreia do Sul, Pistorius quer se tornar o primeiro atleta com deficiência a disputar uma Olímpiada


"Estou extremamente feliz por ter conseguido a classificação olímpica. É um grande momento para mim e tentarei dar meu melhor", afirmou Pistorius, que classificou de 'momento mágico' o instante em que cruzou a linha de chegada. Semifinalista da competição sul-coreana, Pistorius fez o tempo para vencer a corrida dos campeonatos provinciais de Gauteng North, na África do Sul, e baixou em um décimo a marca necessária.


O corredor, de 25 anos, teve as duas pernas amputadas quando tinha onze meses de idade. Pistorius é recordista mundial nos 100, 200, e 400 metros rasos na classe T 44. Para concorrer nas provas mais importantes, o sul-africano enfrentou uma proibição da Federação Internacional de Atletismo - a organização considerava que as próteses de carbono eram vantajosas ao sul-africano. 




Fonte: Veja
Tecnologia do Blogger.