Ad Home

Antibaixaria: Secretário de Educação considera 'complexo' avaliar 'o que é baixaria ou não'

Os critérios para avaliar as músicas que incitam ou não a violência contra a mulher, principal alvo do Projeto de Lei Antibaixaria, que será votado na tarde desta terça-feira (27) na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), foi alvo de muitas ponderações do secretário estadual de Educação, Osvaldo Barreto.


“Controlar música que faz baixaria ou não faz é uma coisa extremamente complexa”, avaliou, em entrevista ao programa Acorda pra Vida, da Rede Tudo FM 102.5. O titular da pasta não fez como seu “grande companheiro”, o presidente da AL-BA Marcelo Nilo (PDT), que arriscou um palpite sobre o resultado da votação, e preferiu deixar o assunto com os deputados baianos, que saberão, segundo Barreto, “tomar a decisão que mais interessa à população”.

O secretário mostrou-se ainda reticente com a possibilidade de censura de artistas e músicas, uma das principais críticas dos opositores da proposta. “É uma lei polêmica porque não é fácil fazer uma lei que restrinja de alguma forma a comunicação das pessoas, a produção cultural. É difícil você aquilatar o que é baixaria e o que não é”, argumentou.


Fonte: BahiaNoticias
Tecnologia do Blogger.