Ad Home

Sobe para quatro o número de casos de AIDS detectados no Carnaval


 Murilo Melo
Após a realização de cerca de 400 testes para detecção do HIV, a Secretaria Municipal de Saúde identificou, até esta terça-feira (21), quatro com resultado positivo. Nome, gênero e orientação sexual não foram revelados pela SMS por questões de sigilo. Os pacientes receberam apoio psicológico e foram orientados a procurar acompanhamento médico.

Segundo a SMS, o teste rápido integra o projeto Fique Sabendo, realizado na cidade pelo quarto ano consecutivo e que irá funcionar até hoje, das 8h às 20h. A novidade é que, este ano, os foliões que participam da maior festa de rua do mundo têm sido incentivados por equipes do Programa Municipal de DST/AIDS/HIV a procurar um dos postos instalados no Instituto Baiano de Reabilitação, em Ondina, e na Unidade de Saúde da Família Terreiro de Jesus.

O intuito é levar à população materiais informativos sobre a doença, bem como a distribuição de panfletos e cerca de 2 milhões de preservativos, espalhados por todo canto do circuito. De acordo com a secretaria, o diagnóstico precoce é fundamental para que possa ser realizado o tratamento que permite à pessoa infectada ter qualidade de vida.
A SMS continua reforçando a prevenção da doença mesmo com o fim do carnaval. O teste poderá ser feito gratuitamente durante todo o ano no Centro de Testagem e Aconselhamento Marymar Novais.
A unidade básica de saúde oferece diagnóstico sorológico da infecção pelo HIV, VDRL, Hepatite Viral B e C e HTLV de forma sigilosa e orientada, acompanhado de aconselhamento como estratégia para fortalecer as práticas seguras de prevenção, contribuindo para a interrupção da cadeia de transmissão das DST/Aids.
Atarde
Tecnologia do Blogger.