Ad Home

Rede municipal inicia ano letivo com 62% das escolas sem condições de ter aula


A rede municipal de ensino inicia o ano letivo nesta quinta-feira (23), mas com problemas esttruturais. Das 426 escolas de Salvador, 69 estão em reforma até abril, 138 vão começar o serviço nos próximos dias e 61 iniciam fase de licitação para reforma em março. Ou seja, cerca de 62% dos colégios municipais não estão prontos para começar as aulas.

O secretário de Educação de Salvador, João Carlos Bacelar, reconhece que o problema. "A situação vai ficar mais complicada em março, quando mais escolas entram em reforma. Mas estamos recuperando e vamos recuperar todas escolas. Não foi resolvido antes por falta de projeto e problema no processo de licitação. Também vamos alugar dez novos prédios, fazer rodízio e remanejar os alunos (para outras unidades)", disse o secretário em entrevista a uma emissora de televisão.

Questionado sobre o prejuízo no cumprimento do calendário mínimo exigido de 200 horas, o secretário justifica que "nenhuma escola da rede pública atinge essas 200 horas de ano letivo".

De acordo com ele, a solicitação de aluguel de mais prédios para servir como unidade de ensino foi feita em maio de 2011, mas por conta da burocracia as instalações não ficaram prontas para o início do ano letivo.

O secretário alega que a situação da estrutura da rede municipal de Salvador só será totalmente resolvida no prazo de dois anos.
Atarde
Tecnologia do Blogger.