Ad Home

Postos de saúde realizam mais de 200 cirurgias de face no Carnaval

 Os postos de saúde da prefeitura localizados nos três circuitos da folia já realizaram,  até esta segunda-feira de Carnaval (20), 225 cirurgias de face. De acordo com a Secretaria Municipal de Comunicação (Secom), as agressões físicas são as principais causas de atendimento.

De acordo com boletim divulgado, a maioria das vítimas apresentavam quadro de politraumatismo de face e traumatismo crânio encefálico, além de fraturas de mandíbula, nariz e frontal.
Os atendimentos foram realizados também por conta de hemorragia artéria facial, hemorragia de couro cabeludo e cortes na língua.

O atendimento é feito por cinco equipes de cirurgiões bucomaxilofacial. Para facilitar o atendimento ao folião, duas equipes de profissionais percorrem todos os módulos de acordo com as chamadas realizadas, através de motolâncias (moto-ambulâncias) para facilitar o acesso nas ruas interditadas ou tomadas pela multidão de foliões.

A ideia do projeto é do coordenador geral do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o médico Ivan Paiva. "Analisando os carnavais passados, vimos a necessidade de oferecer o serviço. Um caso que me chamou atenção foi de um folião que teve o rosto desfigurado por socos e pontapés. Se tivéssemos especialista no momento, esse paciente poderia ser tratado ali mesmo, no posto de saúde", disse o médico.
Três equipes ficam fixas nos postos instalados na Montanha, Piedade e Sabino Silva, onde é elevado o número de ocorrências.
Atarde
Tecnologia do Blogger.