Ad Home

Documentos perdidos podem ser recuperados

 O Carnaval termina nesta Quarta-Feira de Cinzas e é hora de pensar em alguns prejuízos que ele pode ter causado. A perda de documentos é um dos problemas mais frequentes de baianos e turistas durante a folia.

Para a resolução desse contratempo, a Polícia Militar (PM) disponibilizará um posto do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) no Shopping Barra, a partir do próximo dia 27. O atendimento será realizado de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados, das 7h às 13h.

Emissão - Caso o documento não tenha sido encontrado, o folião poderá tirar a segunda via nos postos do SAC. Para garantir a emissão de uma nova carteira de identidade, por exemplo, o baiano terá que desembolsar R$ 25,25.

O agendamento pode ser feito para os SACs dos shoppings Paralela, Salvador e Liberdade, por meio do número 0800 71 5353. O órgão possui 14 postos em Salvador e 44 distribuídos por todo o estado da Bahia.

Os turistas que estiverem com viagem marcada para antes do dia oficial da entrega de documentos terá o Quartel do Comando Geral da PM, no Largo dos Aflitos, disponível para atendimento.

No ano passado, a PM registrou 4.012 documentos perdidos, entre carteiras de identidade e habilitação, carteira de reservista, além de passaportes e cartões de crédito de baianos e turistas.

O número de registros aumentou significativamente em relação ao número de documentos encontrados em 2010, ano em que se achou cerca de 2.500 documentos que haviam sido perdidos.

Alerta Cidadão - Durante o Carnaval, o SAC disponibilizou um serviço nomeado de Alerta Cidadão, para os foliões que perderam documentos fazer um registro. Os postos foram localizados nos circuitos do Carnaval durante a festa.

No ano passado, o órgão atendeu cerca de 12 mil pessoas. A expectativa para este ano era a de dobrar o número de atendimentos.
Atarde
Tecnologia do Blogger.